PZ Soluções Interativas | Criação de sites

O que você precisa saber para criar o seu e-commerce?

Você está aqui:

O e-commerce, também conhecido como “comércio eletrônico”, é uma importante ferramenta para as empresas que realizam vendas online.

Apesar de ser uma definição óbvia, muitas pessoas não sabem tudo sobre essa modalidade de compra e venda que conquistou tantos adeptos nos últimos tempos.

É comum, por exemplo, que as pessoas confundam e-commerce com loja virtual, o que não é a mesma coisa. Uma loja virtual pode ser uma alternativa para as lojas físicas.

E-commerce

Por exemplo, o consumidor compra seu produto na loja virtual e pode retirá-la na loja presencialmente. Com o e-commerce isso não acontece, pois não existe uma loja física e toda a transação acontece de forma virtual.

Ou seja, o cliente compra o que precisa no site, paga pelo site e recebe o produto em casa. 

Esse tipo de negócio tem trazido muita comodidade para os consumidores e vem atraindo o olhar de empreendedores que buscam uma nova possibilidade para seus negócios.

Só que não basta criar a plataforma e esperar que as coisas aconteçam, é necessário se atentar a diversos fatores que farão toda a diferença.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre o que é e-commerce, como criá-lo e dar algumas dicas para você investir nesse negócio. Acompanhe!

O que é e-commerce?

O e-commerce nada mais é do que a comercialização de produtos e serviços pela internet, tendo todas as suas transações sendo realizadas por dispositivos eletrônicos, como computadores, tablets e smartphones.

Esse tipo de negócio conta com diversos canais de vendas, como sua própria plataforma e os famosos marketplaces.

Além disso, precisam contar com ferramentas que ofereçam suporte em seus processos, como um software para loja de brinquedos, por exemplo.

O e-commerce se tornou uma modalidade de compra e venda muito popular atualmente, principalmente com o atual cenário de pandemia pelo qual estamos passando, e a tendência é que o número de comércios eletrônicos só aumente.

Importância do e-commerce nos dias de hoje

A internet já está intrinsecamente inserida no dia a dia de grande parte das pessoas. Por conta disso, houve um aumento das vendas online, o que levou ao desenvolvimento de diferentes estratégias para expandir os canais do comércio eletrônico.

Tendo isso em vista, muitas pessoas começaram a investir nessa modalidade tanto para vender, quanto para comprar. E o e-commerce traz vantagens que explicam a sua importância, tais como:

1 – Mais praticidade

Ao iniciar um e-commerce para vender itens de fardamento esportivo feminino ou equipamentos para realizar atividades físicas, o empreendedor estará oferecendo mais benefícios aos consumidores.

Isso porque a internet permite que eles façam pesquisas e comparem preços com muito mais facilidade. Além disso, os clientes podem comprar de lojas em qualquer localidade que receberão suas compras em casa com muita comodidade.

2 – Facilidade para criar anúncios

É muito mais simples criar anúncios e lançá-los na web, e pelo fato do e-commerce depender exclusivamente do ambiente virtual para realizar suas vendas, não é necessário investir em outras opções de marketing que não sejam na internet.

Os sistemas de análise de dados também permitem mais controle sobre o desempenho de cada oferta, o que possibilita o gerenciamento de maneira muito mais eficiente.

3 – Permite acompanhar resultados

Um negócio online que venda balança comercial com etiqueta, por exemplo, pode ser acompanhado por meio de sistemas de análise de dados.

Isso é importante para que se tenha uma visão geral de cada processo do trabalho. Alguns exemplos disso são:

  • Tráfego no site;
  • Taxa de retorno;
  • Faturamento mensal;
  • Volume de transações;
  • Ticket médio.

As métricas mencionadas acima deverão ser acompanhadas para observar o desempenho do seu e-commerce. Além disso, são dados cruciais para fazer uma boa estratégia de marketing e vendas.

4 – Monitoramento dos consumidores mais acessível

Além de ser fácil obter informações sobre o próprio negócio, como faturamento, serviço de frete e transporte de pequenas cargas etc, é possível obter detalhes relacionados ao perfil dos consumidores.

Informações como produtos mais buscados, botões clicados com mais frequência, horários com mais acesso, período de aumento nas vendas, entre outros, são facilmente apuradas.

5 – Funcionamento 24/7

Uma plataforma e-commerce, diferentemente das lojas físicas, fica disponível 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Portanto, os clientes podem comprar o que precisam no melhor horário para eles.

Além disso, podem conferir o status de suas compras a qualquer momento, e tudo isso se traduz em mais oportunidades de vendas.

Tais vantagens também impactam o atendimento, pois é possível automatizá-lo. Para isso, um e-commerce de serviço de motofrete pode elaborar um questionário com as perguntas mais frequentes do público e disponibilizar no site.

Dessa forma, a loja consegue garantir que o consumidor tenha todas as suas dúvidas respondidas, em qualquer momento do dia.

6 – Integração com outros canais

Pelo fato de o e-commerce já estar inserido no ambiente digital, fica mais fácil fazer com que os clientes sigam a loja nas redes sociais.

Dessa forma, eles ficam por dentro dos conteúdos, interagem melhor com a marca, facilitando até mesmo as estratégias de fidelização.

No entanto, para ter acesso a todas essas vantagens, é importante saber trabalhar adequadamente com uma plataforma e-commerce.

Dicas para começar seu e-commerce

Se você pretende ou já está começando a investir em loja e-commerce de sacolas de papel artesanal ou qualquer outro produto ou serviço, algumas dicas para alavancar o negócio e fazê-lo dar certo são:

1 – Definir uma estratégia de marketing

Existem muitos fatores importantes para fazer um e-commerce dar certo, mas, sem dúvida, as estratégias de marketing são um dos principais impulsionadores.

É necessário dedicar uma parte do tempo e dinheiro para atrair visitantes para a plataforma e, com isso, conquistar novos clientes. 

Dentre as principais estratégias de marketing que aumentam o tráfego de um site são:

Conteúdo

Criar conteúdos relevantes é uma das melhores estratégias para conquistar visitantes que tenham interesse em comprar os produtos e serviços vendidos na plataforma.

Apesar de ser um método barato, traz excelentes resultados em longo prazo, além de permitir criar uma boa relação com os consumidores.

Redes sociais

As redes sociais são um canal propício para começar a construir uma marca, seja uma loja de imã de geladeira em pvc ou uma empresa de entrega expressa.

Google Ads

Esta é uma ferramenta para a criação de anúncios no Google, importante para começar a atrair os primeiros clientes e também para ganhar tempo com as estratégias orgânicas.

Aumento de conversão

Depois que a loja e-commerce consegue atrair tráfego para o site, precisa transformar os visitantes em clientes. 

Portanto, o objetivo é fazer conversões e, para isso, é interessante usar algumas ferramentas que ajudam nesse processo.

E-mail marketing

Este é um dos melhores canais de venda para uma loja online, no entanto, é importante manter a lista de contatos sempre atualizada, para que seja possível vender novamente para aqueles que já são clientes.

2 – Escolher um bom servidor

Para que todas as práticas de marketing digital deem certo, é necessário escolher uma boa plataforma, pois ela será a base da loja. Ou seja, tudo o que você construir estará atrelado a ela.

Dessa maneira, é essencial optar por uma que seja flexível, que possa ser alterada conforme as necessidades e preferências do negócio.

Também é importante dizer que os e-commerces trocam de plataforma a cada três anos, por isso, ela deve suprir as necessidades no longo prazo, independentemente de a loja vender etiquetas auto adesivas personalizadas ou qualquer outro produto.

Há três tipos disponíveis no mercado, sendo: as gratuitas, as pagas e as de código fonte aberto. As gratuitas são mais limitadas e não suportam customização.

As de código fonte aberto são gratuitas também, no entanto, é necessário que o administrador do site tenha conhecimentos específicos ou conte com o trabalho de especialistas, afinal, elas não têm suporte.

As plataformas pagas, por sua vez, têm suporte de qualidade, permitem a customização das páginas, mas tudo isso tem um custo mensal.

Conclusão

Vender pela internet é um negócio atraente para muitas pessoas, principalmente após o grande aumento desse tipo de comercialização, o que o tornou esse importante e vantajoso. 

A tendência é que isso continue, portanto, investir em um e-commerce se tornou algo muito promissor.

No entanto, esse modelo de negócio, assim como qualquer outro, demanda alguns cuidados para que ele tenha sucesso e atinja seus objetivos.

Isso significa que não basta apenas criar um site, é preciso escolher uma plataforma que tenha a ver com seus planos. Também é necessário investir em ações de marketing, afinal, as pessoas precisam conhecer a marca.

Por meio dessas ações, é possível criar um e-commerce que leve soluções inovadoras aos consumidores e traga muitos lucros para seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Serviços relacionados à

O que você precisa saber para criar o seu e-commerce?

Tags usadas:

O que você precisa saber para criar o seu e-commerce?

É um texto de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.